1.7 // ESPORTE 

Foto: Ivan Storti/SantosFC

A partida deste domingo (4), diante do Goiás, pode ter um gosto especial para o meia Jean Mota. No Santos desde 2016, o atleta pode chegar à marca de 150 jogos com a camisa do Peixe. Na liderança isolada do Campeonato Brasileiro e brigando pela artilharia do time na temporada, o camisa 41 tem grande expectativa para esta rodada do nacional.

“É algo que vai ficar na minha história e na do clube também. São poucos jogadores que conseguem essa marca. Fico muito feliz por vestir essa camisa e chegar nesses 150 jogos. Espero que seja muito mais e ainda possa dar muitas alegrias à torcida”, disse o meia, que tem 10 gols marcados pelo Alvinegro Praiano em 2019 e disputa a artilharia da equipe com Carlos Sánchez, que marcou 11 vezes.

“A gente tem essa brincadeira sadia da briga pela artilharia e isso é bom para o Santos. Quanto mais gols, melhor. Quem sabe eu possa fazer um gol para dedicar a esse momento tão especial na minha carreira e igualar o Sánchez na artilharia”, comentou.

Com sete vitórias e um empate, o Peixe está invicto na Vila Belmiro em 2019. Ciente da força do time em casa, Jean Mota acredita que o apoio da torcida santista pode ajudar o Alvinegro Praiano a disparar na liderança.

“Sabemos que será um jogo muito difícil contra um forte adversário. A torcida estará ao nosso favor, estará lotado. Esperamos fazer um ótimo jogo para que a gente se mantenha na liderança, que agora é o mais difícil”, ressaltou.

Santos e Goiás já se enfrentaram em 51 oportunidades e o Peixe leva a melhor no equilibrado histórico do confronto somando 18 vitórias, 17 empates e 16 derrotas, com 86 gols marcados e 75 sofridos.

A partida, válida pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, será realizada às 11 horas deste domingo (4), na Vila Belmiro. Os ingressos estão esgotados.

saiba antes via instagram @revistamaissantos