1.7 // ESPORTEREGIÃO 

A Praia do Gonzaguinha recebe, neste domingo (15), um ritual de batismo de canoas oriundo da Polinésia, que dura mais de 3 mil anos. A celebração vai marcar a inauguração da Base de Canoagem da Vibe Ocean, situada à Avenida Embaixador Pedro de Toledo, na altura do número 253. O evento começará às 15h, e a entrada é franca.

O sócio-proprietário da Vibe Ocean, Haroldo Martins Júnior, explica como será a cerimônia pela qual vão passar canoas OC6, tradicional havaiana, com velas e infantil.

“O batismo é feito da seguinte forma: pega-se a água do mar e da cachoeira e mistura-se as duas em uma cumbuca, na qual se coloca uma folha da região. Esta mistura é jogada pelos participantes nas canoas, que estarão decoradas com plantas locais. A cerimônia é finalizada com os participantes levando a canoa sobre os ombros para o mar, a fim de se realizar a primeira remada”, diz.

Depois de tudo isso, será servido bolo ao publico presente.

Cerimonia histórica

O batismo das canoas é milenar entre os povos da Polinésia. Ele serve para dar boa sorte e proteção.

“As canoas, antigamente, eram produzidas com madeira, e a árvore era escolhida através de um ritual. O tronco era batizado na beira do mar com rituais sagrados, que lhe davam alma. Esta cerimônia traria proteção e sucesso para viagens”, cita Haroldo.

Foto: Arquivo/Honolulu/Divulgação

saiba antes via instagram @revistamaissantos