REGIÃOSANTOS 

Mais de 300 veículos passaram pela blitz de fiscalização da Lei Seca, realizada pelos fiscais do Detran, neste final de semana. A surpresa ficou para o balanço final desta ação: dez motoristas foram autuados por embriaguez ao volante ou recusa ao teste do etilômetro e terão de pagar multa no valor de R$ 2.934,70, além de responderem a processo administrativo no Detran.SP para a suspensão do direito de dirigir por 12 meses.

Além de tudo isso, estes condutores também responderão na Justiça por crime de trânsito, porque tiveram a embriaguez atestada em exame clínico realizado por médico-perito da Polícia Técnico-Científica. Se condenados, poderão cumprir de seis meses a três anos de prisão, conforme prevê a Lei Seca, também conhecida como “tolerância zero”.

Pela Lei Seca (lei 12.760/2012), todos os motoristas flagrados em fiscalizações têm direito a ampla defesa, até que a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) seja efetivamente suspensa. Se o condutor voltar a cometer a mesma infração dentro de 12 meses, o valor da multa será dobrado.

Crédito – Polícia Rodoviária

 

saiba antes via instagram @revistamaissantos