1.4 // SAÚDESANTOS

Pela primeira vez, Santos está fora da lista das 100 cidades com maiores índices de HIV

Pela primeira vez, Santos está fora do ranking dos 100 municípios com maiores índices de HIV com mais de 100 mil habitantes, segundo o índice que leva em conta indicadores como as taxas de detecção e mortalidade. É o que indica o Boletim Epidemiológico HIV/Aids (https://www.hiv.gov/) divulgado nesta semana pela Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde.

No documento do ano passado (2017), válido para o período 2012 a 2016, Santos figurava na 63ª posição com o índice 5,354 – a cidade em 1º lugar foi Porto Alegre (RS) com 7,039. Quanto menor o índice, melhor a cidade é classificada na comparação com os outros municípios brasileiros.

Em 2018, no ranking do período 2013 a 2017, Santos obteve o índice 5,126 e ficou fora da lista das 100 cidades que integram o boletim. Após consulta ao Ministério da Saúde, a informação recebida é que o Município ocupa agora a 103ª posição – o primeiro do ranking atualmente é Rio Grande (RS) com o índice 7,135.

Entre os indicadores que contribuíram para a melhora da Cidade no panorama nacional está a maior taxa de detecção de Aids na população em geral, que passou de 28,5 para cada 100 mil habitantes no boletim de 2017 para 28,8 por 100 mil/hab no boletim de 2018.

saiba antes via instagram @revistamaissantos