SANTOS

Projeto Olhar Solidário resgata a esperança de crianças carentes

Por Juliana Moraes

Um grupo de 38 alunos da Escola Municipal Pedro Crescenti, do bairro Rádio Clube, em Santos, agora tem a oportunidade de enxergar melhor. Isso porque, na última quarta-feira (7), eles receberam novos óculos com lentes corretivas. A cerimônia foi realizada no Shopping Parque Balneário.

A iniciativa é parte do Projeto Olhar Solidário, realizado por Fátima Santos, da Donna Ótica, e coordenado pela assessora de imprensa Ruth Teixeira, com apoio do Rotary Club Santos Boqueirão e em parceria com o Fundo Social de Solidariedade de Santos e as secretarias municipais de Saúde e de Educação.

A proposta inicial é beneficiar pessoas de baixa renda com receita médica atualizada, armações e lentes. O projeto nasceu em 2011, para uma campanha de Natal. “Eu solicitava às pessoas que viessem fazer seus óculos novos que deixassem os óculos antigos, pois assim elas teriam um bom desconto e esses óculos iam virar um novo no rosto de uma pessoa carente”, disse a idealizadora Fátima Santos. O projeto teve apoio da revista MAIS SANTOS!

A solidariedade falou mais alto e houve quem deixasse os óculos antigos mesmo não comprando um novo. “Foi aí que eu comecei a doar esses óculos que foram arrecadados para instituições, como o Fundo Social e uma ONG no centro da cidade”.

O problema, segundo ela, é que as pessoas precisavam de uma consulta médica para terem a lente correta. “No ano seguinte começamos uma parceria com médicos que cederam as consultas. Os laboratórios bonificavam as lentes para nós, eu mandava montar e fazia a entrega”.

Porém, com a crise, Fátima se sentiu insegura esse ano, pois muitas parcerias não puderam se manter. No final, deu certo. “O Rotary Clube de Santos organizou um sarau de música. Foi um sucesso, tinha muita gente e, com isso, conseguimos arrecadar o dinheiro para poder fazer as lentes”.

A proprietária da ótica contou que esse ano as lentes ficaram mais caras porque a maioria das crianças tem mais de nove graus de miopia. “Essas crianças não iam bem na escola por conta da falta dos óculos. Mas deu tudo certo e o dinheiro arrecadado foi suficiente para comprar tudo”.

Convidada especial

A atriz global Helga Nemeczyk veio até Santos para entregar os óculos às crianças e se emocionou com o projeto. “Eu vi uma menininha com 12 graus de miopia que estava com um óculos emprestado de grau oito. Ela se emocionou, chorou e eu chorei também, porque o que vale mesmo é isso, ver a satisfação e a emoção de quem está recebendo aquilo que precisa tanto”.

Para a atriz, o que tem de mais bonito no projeto é saber que essas crianças poderão enxergar, literalmente, de uma maneira diferente. “Todo tipo de ação social é importante. Quando eu fui convidada para fazer a entrega, eu aceitei prontamente porque eu acho que é um ato de amor e o amor e tudo de bom que damos, volta para a gente”.

Fotos: Thamiris Andria

saiba antes via instagram @revistamaissantos