PUBLICIDADE

Santos / Cotidiano

Instaladas lajes em pontilhão que vai melhorar drenagem na Nova Entrada de Santos

O vão do pontilhão do Rio Lenheiros, aberto na pista 3 (central) para melhorar a drenagem da entrada da Cidade, recebeu cobertura com lajes alveolares (painéis de concreto pré-fabricados). A intervenção aconteceu na manhã desta quarta-feira (29) e envolveu cerca de 24 trabalhadores, entre funcionários e terceirizados da Terracom.

O alargamento do pontilhão visa acabar com alagamentos nessa região e melhorar a drenagem do Saboó e entorno. A estrutura que media sete por dois metros da pista 1 a 4, passou para 11 metros de largura por 3 metros de profundidade, na pista 1. Nas demais pistas, o pontilhão passará a medir 14 metros de largura por 3 de profundidade.

O espaço coberto mede cerca de 146 metros quadrados e foi preenchido com 16 lajes de concreto, sendo oito de 9,95 x 1,25 metros e oito de 4,68 x 1,25 metros, com 30cm de altura cada uma delas. “A próxima etapa é montar a capa de proteção com tela de aço em cima dessas lajes e depois concretar. Em seguida, será feita a pavimentação”, afirmou o engenheiro da Terracom, Leandro Firmino Araujo dos Santos.

O pontilhão passa embaixo das quatro pistas da Avenida Martins Fontes, localizado entre a Travessa Dois e a Rua Flamínio Levy, no Saboó. Atualmente, a pista 2 (central) também está em obras e já teve a cravação de 12 estacas. As equipes estão demolindo a estrutura existente e será iniciado o corte dessas estacas para fazer as formas de madeira e a ferragem. Posteriormente, será realizada a concretagem das vigas.

Após a secagem do cimento das vigas, será repetida a etapa atual de lançamento das lajes feita na pista 3. “Vamos repetir o processo que estamos fazendo na pista 3 com a colocação das lajes, capeamento, concretagem, pavimentação e a liberação da pista”, destacou o engenheiro Firmino.

É fundamental a continuidade do projeto da Prefeitura pela MRS (área de competência federal) até a margem do rio, para que as águas do Lenheiros e o escoamento das chuvas tenham a mesma vazão pelas tubulações dos dois lados do muro da linha férrea, que separa a avenida da ferrovia. O Governo Federal firmou compromisso da MRS Logística com investimento de cerca de R$ 20 milhões em drenagem sob a linha férrea junto ao Rio Lenheiros.

Fotos: Anderson Bianchi