PUBLICIDADE

Santos / Porto

Anvisa identifica falhas de isolamento no Costa Fascinosa

Da Redação

Os fiscais da Ag√™ncia Nacional de Vigil√Ęncia Sanit√°ria (Anvisa) estiveram a bordo do navio de cruzeiro, Costa Fascinosa, atracado no Porto de Santos. Foi a segunda inspe√ß√£o desde que a¬†embarca√ß√£o¬†chegou a Cidade com¬†suspeitas de Covid-19.

Os trabalhos duraram cerca de três horas para verificar se o navio cumpre as exigências da para higiene e isolamento de passageiros. Porém, durante a fiscalização os técnicos verificaram algumas falhas no isolamento entre os passageiros.

Alguns tripulantes não estavam respeitando o distanciamento mínimo de dois metros entre as pessoas que foi determinado. A situação foi verificada, por exemplo, na proximidade de tripulantes conversando entre uma varanda e outra.

Outro caso dois de um tripulante com faringite aguda que estava na área reservada para pessoas sem sintomas. Além disso, a pessoa estava localizada em uma cabine interna, no meio do corredor. A determinação da Anvisa é que os casos com suspeitas sejam colocados em quartos com varanda e que não sejam autorizados a sair das cabines.

Qualquer sintoma relacionado ao sistema respiratório deve ser colocado em isolamento na embarcação.

Determina√ß√Ķes da¬†Anvisa

Em nota, a ag√™ncia tamb√©m reiterou a exig√™ncia para que a empresa apresente¬†uma planta do¬†navio com informa√ß√Ķes precisas¬†sobre¬†a distribui√ß√£o dos tripulantes, com¬†destaque¬†na identifica√ß√£o das cabines utilizadas pelos tripulantes sintom√°ticos e pelos assintom√°ticos.¬†O objetivo √© fazer a¬†identifica√ß√£o de poss√≠veis falhas na distribui√ß√£o dos tripulantes pelo navio¬†e que¬†possam¬†estar contribuindo para a transmiss√£o do COVID-19.

Outra exig√™ncia feita pela¬†Anvisa¬†√© que qualquer tripulante, com ou sem sintomas,¬†que tenha necessidade de sair de suas cabines, devem, obrigatoriamente, utilizar m√°scara cir√ļrgica descart√°vel. A¬†medida vale para¬†os tripulantes que est√£o trabalhando no navio e aos que n√£o est√£o trabalhando, mas que necessitam¬†pegar¬†suprimentos de limpeza e¬†desinfec√ß√£o¬†de suas pr√≥prias cabines.

A empresa respons√°vel pelo Costa¬†Fascinosa¬†est√° obrigada ainda a apresentar todos os dias, at√© √†s 21h, os¬†dados de sa√ļde a bordo (Medical Log¬†Book), as¬†atualiza√ß√Ķes¬†do estado de sa√ļde¬†dos tripulantes internados e o¬†registro¬†de medi√ß√£o de temperatura de todos no navio. Esta medi√ß√£o de temperatura deve ser feita duas vezes por dia dentro da embarca√ß√£o.

A embarcação também precisa indicar o nome, a localização e o departamento de todos tripulantes que estão realizando atividades a bordo como medição de temperatura, preparação e distribuição de alimentos e o trabalho de limpeza e lavanderia.

Foto: Reprodução