Sem categoria

Tecnologia coloca rosto de quem joga lixo na rua em cartaz

Em Hong Kong, quem joga lixo no chão corre o risco de ter o rosto estampado em outdoors. A ação foi criada pela agência OgilvyOne para a ONG HK Cleanup. O objetivo é sensibilizar a população sobre a questão do descarte inadequado de resíduos.

A campanha, chamada de “O rosto do lixo”, foi espalhada por toda a cidade, em diferentes plataformas, incluindo estações de trens e metrôs, pontos de ônibus, mídia social e impressa.

O objetivo é se aproximar o máximo possível das pessoas, mostrando que elas realmente fazem parte do problema e podem colaborar com a solução.

A ação funciona da seguinte forma: os resíduos que podem conter resquícios de DNA, como copos plásticos, garrafas, bitucas de cigarro, entre outros, são coletados e levados para análise. Através de uma tecnologia chamada de Snapshot, é possível analisar o material e descobrir parte das características físicas de seu portador.

Com as informações genéticas, o grupo faz uma combinação com outros fatores complementares, como o local e o tipo de lixo, para chegar o mais próximo possível da aparência real de quem jogou o resíduo em local inadequado.

saiba antes via instagram @revistamaissantos