Variedades 

Há muita riqueza nos oceanos, afinal eles compõem cerca de 70% do nosso planeta. As algas marinhas, por exemplo, representam um desses tesouros, pois absorvem nutrientes do fundo do mar. “Isso faz com que os vegetais marinhos sejam ainda mais ricos em nutrientes e vitaminas do que as frutas e vegetais cultivados na região”, afirma a dermatologista Dra. Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia.

Ultimamente, o superalimento tem aparecido em todos os lugares: em bebidas, refeições, cosméticos e até em suplementos. Se você quer saber por qual motivo as algas se tornaram tão populares, veja agora 5 benefícios que elas trazem para a saúde:

MELHORA DA SAÚDE CARDIOVASCULAR – Alguns estudos mostraram que as algas marinhas reduzem o risco de doenças cardíacas, enquanto muitos especialistas concordam que elas estabilizam os níveis de açúcar no sangue, graças ao seu rico conteúdo de fibras. “As algas marinhas são ricas em fibras, que podem reduzir os lipídios sanguíneos e melhorar o controle do açúcar no sangue”, observa a angiologista Dra. Aline Lamaita, membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular. Além disso, há um efeito detox no sistema sanguíneo e linfático. “Como muitas delas possuem arginina, taurina e sais minerais, as algas também aumentam a produção de oxido nítrico e melhoram a vascularização”, completa a angiologista.

MAIS ENERGIA – A forma comestível de algas é rica em fibras, o que é ótimo para promover a saciedade, reduzir o inchaço e facilitar a digestão. Além disso, pelas condições climáticas que enfrentam, as algas (orais ou em ingredientes de cosméticos) também podem funcionar como um booster energético. “É o caso do suplemento Bio-Arct e do ingrediente tópico Arct-Alg, ambas oriundas das algas vermelhas hibernadas no Mar Ártico, denominada Chondrus crispus. Esta biomassa integral e 100% natural concentra o dipeptídeo citrulil-arginina, microminerais, florosideos para assegurar reservas energéticas para a estação da primavera. Com isso, ela age na pele para aumentar a expressão de sirtuínas, que regula o metabolismo energético da mitocôndria – o pulmão das células. Então, os ingredientes têm a capacidade de triplicar a produção energética e fornecer ao organismo uma energia de boa qualidade, evitando o desgaste celular e de outras proteínas mantendo a homeostasia de forma equilibrada e balanceada”, afirma Mika Yamaguchi, farmacêutica e diretora científica da Biotec Dermocosméticos.

IMUNIDADE – A maravilha subaquática contém muitos minerais e vitaminas que fortalecem o sistema imunológico. “As algas marinhas são uma fonte de potentes antioxidantes. Além disso, há pesquisas promissoras mostrando potenciais benefícios anti-inflamatórios”, afirma o dermatologista Dr. Jardis Volpe, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. O médico indica o uso oral de Bio-Arct, por ter ação antioxidante e protetora do DNA, o que reflete na melhora da imunidade do organismo.

ANTI-AGING NATURAL – As algas – aplicadas topicamente ou ingeridas – são ótimas para combater a acne e sinais de envelhecimento. De acordo com Mika Yamaguchi, farmacêutica e especialista em formulações dermocosméticas, as principais algas para atuar como anti-idade natural da pele são: Arct-Alg (booster energético para as células da pele), Algisium C e Lanablue. “Algisium C é o ácido manurônico, extraído da laminaria, uma alga marrom. Ele estimula a síntese de colágeno e elastina, responsáveis pela firmeza e elasticidade da pele, além de hidratar e melhorar a textura do tecido cutâneo. Já Lanablue é um extrato de cianofíceas endêmicas (algas azul-esverdeadas), ricas em vitamina B, aminoácidos e pigmentos específicos. Na pele, o ativo atua como um retinol natural, melhorando a renovação celular sem causar a irritação e vermelhidão comum dos ácidos”, afirma Mika.

Outros benefícios

Já que contêm ferro e cálcio, nutrientes que ajudam na sustentação dos ossos, e ácidos graxos ômega-3, benéficos para as articulações, as algas também são importantes para a saúde ortopédica. Além disso, o ômega 3 também é importante para melhorar a saúde dos olhos e a melhora das condições cognitivas, que podem incluir melhor memória e desempenho. “Mas é sempre importante consultar um médico ou nutricionista que, após avaliação da necessidade do seu organismo, podem prescrever a melhor forma de incluir na alimentação, suplementação ou rotina skincare”, finaliza Mika.

saiba antes via instagram @revistamaissantos