Variedades 

A metodologia é usada por criminosos que buscam roubar dados para desvio de dinheiro, compras ilícitas e outros tipos de golpes

 

Engenharia social é uma técnica utilizada para conseguir dados e informações sigilosas de usuários. Com o objetivo de praticar fraudes, desvio de dinheiro, e compras ilícitas, os criminosos podem convencer uma vítima a entregar todas as suas informações. Para promover educação sobre o tema, a V Office está promovendo o SC Experience, evento de segurança e compliance que irá trazer profissionais de engenharia social e agentes do ecossistema de segurança  para debater o assunto.

 

“O principal alvo das técnicas de engenharia social são empresas e grandes corporações. Os criminosos se infiltram através dos colaboradores, com contato humano direto. Assim, eles conseguem convencer o colaborador a compartilhar senhas, dados, CPF, e informações sigilosas da corporação. O fator humano acaba sendo um ponto vulnerável dentro das organizações, visto que algumas empresas ainda não investem muito em capacitação aos colaboradores”, explica Gabriel Ferreira Ramos da Conceição, Especialista de Segurança da CODIA Security.

 

Como evitar cair no golpe

O golpe pode acontecer por e-mail, telefone ou até mesmo ao vivo. Normalmente é uma pessoa criminosa se passando por outra, em uma prática conhecida como phishing. O especialista Gabriel Ferreira compartilhou algumas dicas para melhorar a segurança e evitar fraudes. Confira:

 

Não passe seus dados por telefone

Muita gente já ouviu a história de alguma companhia telefônica que ligou oferecendo um algum tipo de brinde e tudo que a pessoa precisava fazer era confirmar os dados. “Nunca confirme seus dados para algum número que ligou para você. Mesmo que eles falem seu nome e endereço. Essa pessoa pode ter tido acesso a uma conta sua, ou visto suas redes sociais. É importante ter uma postura clara e dizer logo de primeira que não vai confirmar seus dados, mesmo que eles estejam te oferecendo alguma vantagem”,orienta Gabriel

 

Não conecte no seu computador dispositivos desconhecidos

O criminoso pode deixar um pendrive contaminado com vírus na sede da sua empresa, no banheiro de visitantes, por exemplo. “Alguém desavisado pode conectar para tentar saber do que se trata ou achar o dono, e assim ter seu computador contaminado e deixar a rede da empresa vulnerável. Por isso fica a dica, nunca conecte dispositivos desconhecidos no seu aparelho”, comenta Gabriel.

Cuidado com emails

Emails ainda são uma das formas mais comuns de conseguir dados e implantar vírus. Mensagens com conteúdos como “veja suas fotos aqui”, ou “descobri sua senha no site xyz”, são dignas de atenção. Não clique, não deposite dinheiro em troca de ameaças, e sempre atualize suas senhas. Outra dica importante é: não use a mesma senha em todas as suas contas. Sei que parece mais fácil, mas isso só aumentará o risco e a sua vulnerabilidade”, explica Gabriel.

 

saiba antes via instagram @revistamaissantos