Variedades 

Especialista explica como a divisão do dinheiro pode ajudar a ter uma vida financeira mais tranquila em 2020

Novo ano, novos hábitos! O começo de 2020 desperta em muitas pessoas a vontade de colocar em prática novos hábitos e organizar diferentes áreas da vida, incluindo a financeira. Ter um orçamento planejado vai além de pagar as contas em dia e inclui ter foco e determinação para elencar prioridades e metas. Pensando nisso, Carlos Terceiro, fundador e CEO do Mobills, aplicativo completo para gestão de finanças pessoais, explica como aplicar a regra 50-30-20 no orçamento, para começar a ter uma vida financeira mais saudável neste ano.

A regra consiste basicamente em dividir as despesas em três categorias: necessidades, desejos pessoais e poupanças/dívidas.

A primeira categoria – necessidades – deve representar até 50% da renda total, incluindo gastos de sobrevivência, ou seja, aqueles que não podem ser evitados, como aluguel, moradia, utilidades, alimentação e transporte.

Já a segunda – desejos pessoais – deve ser limitada a 30% da renda para os gastos de lazer, viagens e restaurantes. São as despesas que nos fazem momentaneamente mais felizes, mas também são as que podem rapidamente se transformar em dívidas.

Por último, os outros 20% restantes devem ser dedicados a metas financeiras – economias, investimentos ou pagamentos de dívidas. “O quanto gastamos é mais importante do que o quanto ganhamos. Para manter o equilíbrio financeiro é preciso saber lidar com o dinheiro e se programar para alcançar a independência financeira”, completa Carlos Terceiro.

saiba antes via instagram @revistamaissantos