Variedades 

Muito tem se falado do abacate nos últimos anos, já que cada vez mais são descobertos os benefícios que o alimento pode trazer à saúde. Porém, não foi sempre assim; o abacate, há poucos anos, era visto com maus olhos por ser uma fruta que contém muitas calorias. Mas você sabia que o abacate, mesmo sendo calórico, auxilia na performance esportiva e é um bom aliado no emagrecimento? A Dra. Marcella Garcez, médica nutróloga e professora da Associação Brasileira de Nutrologia, explica: “O abacate é uma fruta rica em gordura insaturada, popularmente apelidada de gordura boa. Isso faz com que seja saudável para qualquer pessoa, em especial praticantes de exercícios, pois esses necessitam de mais gordura insaturada. Além disso, o abacate é rico em vitaminas C e E, ômega 6, ômega 9, ômega 7, ácido fólico, potássio, beta-sitosterol e uma alimentação que inclui frequentemente a fruta pode aumentar as taxas de HDL (colesterol bom) e diminuir o colesterol total, protegendo, assim, a saúde cardiovascular”, diz a médica.

Outro fator que beneficia os praticantes de exercícios físicos são os antioxidantes presentes na fruta, sendo que os abacates e suas espécies são importantes fontes alimentares de carotenoides e glutationa, potentes antioxidantes. “Os antioxidantes ajudam a destruir os radicais livres gerados pelo exercício intenso. É extremamente importante obter antioxidantes por meio da alimentação, pois eles fornecem elementos com disponibilidade distinta daqueles encontrados nos suplementos. Quanto ao emagrecimento, por ser rico em fibras, o abacate ajuda a dar a sensação de saciedade e diminuir o apetite, controlando a fome e, consequentemente, os níveis de insulina, além de garantir o funcionamento do intestino”, destaca a nutróloga, que complementa explicando os efeitos do abacate se consumido na hora de dormir: “Nesse caso, o abacate potencializa a ação do GH – hormônio do crescimento – pois seu pico de produção acontece no período noturno. Dessa forma, ajuda a formar músculos e faz o organismo utilizar a gordura armazenada como fonte energética”, explica.

Vale ressaltar que, além dos benefícios aos que almejam emagrecer ou aumentar a performance esportiva, o abacate possui diversos outros, que incluem: auxílio no tratamento das hiperlipidemias (aumento de gordura no sangue e que pode gerar problemas no coração); efeito anti-inflamatório, graças à vitamina E; melhora na biodisponibilidade de vitaminas lipossolúveis (A, D, E e K), melhora na circulação sanguínea, fortalecimento do sistema imunológico, gera benefícios à pele e ao cabelo; auxilia no controle do colesterol e triglicérides; seu consumo diminui a chance de diabetes; além de regular o ciclo menstrual e melhorar o sono. “A introdução regular de abacate na alimentação deve ser feita sob acompanhamento nutrológico, para que a quantidade seja indicada corretamente a fim de potencializar ao máximo os benefícios do alimento e minimizar a chance de um efeito indesejado, já que a fruta é calórica, deve ser consumida idealmente em pequenas quantidades, nos planos alimentares de emagrecimento”, finaliza a Dra. Marcella Garcez.

saiba antes via instagram @revistamaissantos