PUBLICIDADE

- INVISÍVEL

A Forte energia de Machu Pichu

Fiquei completamente surpreso com tudo o vi e vivi nesse país mágico.

Confesso que tinha aqui meus pré conceitos estabelecidos e que foram todos por água abaixo.

Primeiro um país colorido, onde as pessoas curtem enfeitar-se e assim deixar o entorno mais feliz.

Sorriem 24 horas por dia e adoram cantar e dançar com seus mais místicos sons.

Por falar em misticismo no Peru todos os elementos possuem uma simbologia sagrada. Tudo tem um sentido espiritualizado. Isso traz Paz e ao mesmo tempo Mistério.

Quem pensa que a gastronomia Peruana vive de Ceviches está muitíssimo enganado. Milhos diversos, tipos de Batatas infinitos, Grãos , Peixes, Carnes, Frutas estão mais do que presentes e proporcionam-nos um prazer inenarrável.

Os hotéis e suas acomodações muito bem cuidadas, para mim, surpreenderam e muito. Sinceramente não esperava tanto bom gosto valorizando o estilo local.  Num estilo rústico de pedra e madeira ou clássico com antiquérrimas peças em pratas peruanas eles tiram a nota máxima na elegância e no receber bem. Uma delícia o conforto proporcionado.

O Vale Sagrado, o Deserto de Nazca e  Machu Pichu (uma das maravilhas do mundo atual) emocionam já a primeira vista e com um encontro mais profundo tiram o fôlego com tamanha beleza e mistério, deixando-nos estatelados com suas grandezas.

Nessas horas só temos a agradecer, nada mais a fazer.

Caminhando pelos mercados de artesantos próximos a entrada de Machu Pichu, casas de teares,  alpacas, e lãs diversas descobrimos a elegância investida em cada criação. O Peru realmente possui uma arte digna de qualquer estilo até mesmo das mais elegantes e sofisticadas residências internacionais.

As malhas e cachecóis feitos em Vicunha possuem uma maciez única e fica impossível não adquirir alguns desses elementos. Voltar para casa sem essa jóia local seria como se não tivéssemos passado pelo Peru.

E as pratas? Ah as prata, tão majestosas e sofisticadas, muitas históricas e muitas réplicas perfeitas das antigas. A vontade é de comprar o que está pela frente.

Por fim, passei quase que um dia inteiro dentro dos ateliês de pintura com os deslumbrantes Cusquenhos, pinturas originadas em Cuzco após a conquista dos espanhóis. Anjos e Santos criados com estilo muito peculiar,  há anos, há séculos. É uma arte eclesiástica e sua finalidade principal foi didática, sobretudo, catequética. Trouxe pelo menos uns 15 enrolados num grande tubo de papelão, afinal eu tinha muita gente querida para presentear com todas as energias ali recebidas.

[Best_Wordpress_Gallery id=”58″ gal_title=”Marcelo Sampaio Peru”]

Foi um presente ter a oportunidade de conhecer esse contrastante, emocionante e lúdico país latino, tão repleto de histórias, tão repleto de sentimentos, tão repleto de simplicidade pura.

Até hoje lembro da musica típica indígena da montanha acalentando nossas noites juntos a diversas constelações, diversos sentimentos, diversos mistérios.

Ao subir para a Antiga Cidade perdida Inca temos a certeza de que muito pouco ainda conhecemos. Machu Pichu vem com uma energia tão intensa que deixa-nos tonto e apaixonado ao mesmo tempo.

Simplesmente uma loucura. Obrigado mais uma vez Senhor por viver tamanha experiência!

Feliz, completo, inteiro.

Marcelo Sampaio