PUBLICIDADE

- INVISÍVEL

Ataque ao Parlamento da Tunísia

Pelo menos 19 pessoas, 17 delas estrangeiras, foram mortas em um ataque realizado por militantes nesta quarta-feira (18) no complexo do Parlamento da Tunísia, informou o primeiro-ministro da Tunísia, Habib Essid.

Segundo o premiê, turistas da Itália, Alemanha, Polônia e Espanha estão entre os mortos no ataque

Dois militantes acusados do ataque morreram em uma operação das forças de segurança três horas após o início da ação, anunciou o governo. Eles haviam feito reféns, que segundo a TV estatal e a Reuters foram libertados.

Antes do fim da operação, as autoridades haviam reportado que oito mortes no local. As outras vítimas foram identificadas dentro do prédio após a morte dos militantes. Entre os mortos no ataque estão dois tunisianos, um deles um policial.