PUBLICIDADE

- INVISÍVEL

Austrália vaza dados pessoais de Dilma

Dados pessoais dos líderes mundiais que participaram da cúpula do G20 na Austrália foram divulgados acidentalmente pelos entes do governo responsáveis pela organização do evento.

De acordo com o jornal britânico The Guardian, o erro foi cometido pelo Ministério da Imigração do país. Entre as vítimas, estariam o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama; da Rússia, Vladimir Putin; do Brasil, Dilma Rousseff, além do primeiro-ministro britânico, David Cameron; e da chanceler alemã, Angela Merkel.

Um funcionário do ministério teria enviado por engano um e-mail com dados pessoais de todos os líderes políticos aos organizadores da Copa da Ásia de futebol, disputada em janeiro. Segundo o jornal, as informações vazadas continham o nome, data de aniversário, título, nacionalidade, número de passaporte e vistos de cada um dos 31 políticos que estiveram na Austrália para o G20.

dilm