PUBLICIDADE

- INVISÍVEL

Bienal de Arte de Veneza abre ao público

A 56.ª Bienal de Arte de Veneza abre este sábado ao público com 89 países, entre eles Portugal, Brasil, Angola e Moçambique, e anuncia os premiados do certame, entre os quais o Leão de Ouro para a melhor representação nacional.

O Pavilhão de Portugal na 56.ª Exposição Internacional de Arte – Bienal de Veneza 2015 apresenta uma exposição com obras de João Louro, algumas inéditas, que representam oficialmente o país, no mais importante certame internacional desta área.

A exposição de João Louro, cujo projeto para a Bienal se intitula ‘I Will be Your Mirror – Poems and Problems’ (‘Eu serei o teu espelho – Poemas e problemas’, em tradução livre), está no Palácio Loredan, em Veneza, fora da área dos Giardini, onde irá decorrer a cerimónia de anúncio dos prémios, a partir das 10h00 (em Lisboa).

O título do projeto, com curadoria de Maria de Corral, é retirado de uma canção da banda Velvet Underground e reúne também protagonistas do universo literário como Walter Benjamin, Samuel Beckett, Maurice Blanchot e Arthur Rimbaud.