PUBLICIDADE

- INVISÍVEL

BOM PRA CACHORRO. OU NÃO?

Um exame confirmou a presença de monoetilenoglicol em petiscos consumidos por um cão que morreu no bairro Belvedere, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, em 6 de setembro.