PUBLICIDADE

- INVISÍVEL

Caio Blat diz que Letícia Colin virou ‘mulherão’ em ‘Ponte aérea’

A atriz Letícia Colin, de 25 anos, gravou seu primeiro filme quando tinha 18. Em “Bonitinha, mas ordinária”, que só entrou em cartaz cinco anos após as filmagens, ela está bem diferente do que pode ser visto em “Ponte aérea”, longa da diretora Julia Rezende que estreia nesta quinta-feira (26).

“Foi muito bonito ver o processo da Letícia. Ela virou um mulherão ao longo do filme”, afirma Caio Blat. “Ela tem essa coisa delicada, de menina super doce e, de repente, ela tinha que ser essa mulher muito forte. Ela foi atrás disso e conquistou isso. É bonito ver um ator que está fazendo o primeiro ou segundo filme e que isso é um processo muito transformador”, elogia. O ator, cuja estreia no cinema foi com “Lavoura arcaica”, em 2001, já fez mais de 15 longas, além de papéis na TV, sendo o último na novela “Império”.

“O Caio foi generoso, com tantos filmes nas costas, e, às vezes, eu não entendia direito a linguagem do cinema, mas fizemos nosso filminho”, diz a atriz toda orgulhosa.