PUBLICIDADE

- INVISÍVEL

CEO da Apple vai doar em vida todo o seu patrimônio

O CEO da Apple, Tim Cook, disse à revista Fortune que vai doar todo o seu patrimônio a instituições de caridade em um futuro próximo. A transferência dos bens – estimados hoje em US$ 785 milhões – deve acontecer depois que o executivo pagar a faculdade do sobrinho de 10 anos de idade.
Cook disse que já doa parte de seu dinheiro a instituições de caridade, mas quer, a partir dos próximos anos, aumentar sua atuação na filantropia. Além de doar porcentagens cada vez maiores, o executivo revelou que está desenvolvendo um plano para ir além do “assinar cheques”. Ele reforçou que a maior prioridade da Apple é mudar o mundo, não fazer dinheiro. A doação dos bens seria o melhor exemplo a dar.

tim-cook-apple-eua-20120307-original

A revelação do presidente-executivo da Apple evidencia a crescente onda de filantropia entre os mais ricos do mundo. O investidor Warren Buffett e Bill Gates, criador da Microsoft, estão encorajando outros bilionários a doar ao menos metade de seus patrimônios durante a vida por meio do programa “Giving Pledge” (Promessa de doação, em inglês). Participam ainda Mark Zuckerberg, do Facebook, e Larry Ellison, da Oracle.
O extenso perfil da Fortune também ressaltou a habilidade de Cook em tornar a Apple ainda mais lucrativa do que era. De acordo com a revista, desde que assumiu o controle da empresa, em agosto de 2011, o novo CEO se diferenciou de Steve Jobs ao vender produtos também para o setor corporativo, ao comprar outras companhias e ao oferecer dividendos e recompra de ações aos investidores.