PUBLICIDADE

- INVISÍVEL

Criador da American Apparel fará própria defesa

Fundador e ex-CEO da American Apparel, rede de fast-fashion dos Estados Unidos, o empresário americano Dov Charney afirma estar “quebrado” e sem condições de pagar um advogado para representá-lo no processo que ele abriu contra o hedge fund Standard General, um dos controladores da empresa, após ter sido demitido do cargo em junho do ano passado por “má conduta sexual”.

(Foto: divulgação)

(Foto: divulgação)

Em documentos enviados a um tribunal de Delaware, onde o caso é julgado, Charney explicou que fará sua própria defesa por não ter condições financeiras de arcar com os custos advocatícios do processo. Sem registrar lucro desde 2009, a American Apparel declarou falência no mês passado, o que causou a derrocada de suas ações na bolsa de valores de Nova York.