PUBLICIDADE

- INVISÍVEL

Desenhos medievais misteriosos são achados em manuscrito

Dois pesquisadores britânicos da Universidade de Cambrigde fizeram uma descoberta importante em um manuscrito do século XVI ao usar luzes ultravioletas: dois rostos esqueléticos desenhados no canto de uma folha, que foram apagados há séculos. As informações são do The Independent.

Os pesquisadores ficaram surpresos com a descoberta no Livro Negro de Carmarthen, que pertence à Biblioteca Nacional de Gales e data do ano de 1250. Este livro é uma das mais antigas fontes que citam o Rei Arthur e Merlin, sendo considerado um dos manuscritos existentes mais antigos do mundo, escrito exclusivamente no idioma galês.

livro-negroreproducaoindependent