PUBLICIDADE

- INVISÍVEL

Empresa que criou Angry Birds enfrenta crise e demite 110

A rovio companhia criadora do Angry Birds está com sérios problemas. Segundo o jornal americano The Wall Street Journal , a empresa finlandesa teve queda nos lucros e já demitiu 110 pessoas, algo referente a 14% de seu quadro de funcionários.

Parte do fracasso da empresa está na adoção do formato freemium, uma mistura do premium com gratuito que engloba o jogo grátis, mas com opções exclusivas pagas dentro do jogo, um modelo que a King do Candy Crush faz muito bem.

A Rovio não adotou o freemium. Em seu lugar, a empresa preferiu cobrar por um preço inicial do app e não teve crescimento significativo nas vendas.

A queda do lucro de 173,5 milhões de euros em 2013 para 158,5 milhões de euros (aproximadamente R$ 550 milhões) em 2014, e a queda do lucro operacional de 36,5 milhões de euros para 10 milhões de euros, não sustentaram por mais um ano o presidente-executivo Mikael Hed.