PUBLICIDADE

- INVIS√ćVEL

Especialista dá dicas para contratação de aluguel durante a temporada

Os imóveis de temporada, comuns nessa época do ano, aparecem como uma solução para quem não abre mão do conforto e da privacidade de uma casa. Apesar das vantagens, a transação requer alguns cuidados, principalmente relativos à legislação que rege esse tipo de contratação.

Pesquisar, procurar recomenda√ß√Ķes  e garantir toda a documenta√ß√£o do processo de aluguel s√£o algumas das dicas de especialistas para o processo transcorra sem problemas.

Segundo a advogada Renata Silva Amaral, é importante lembrar que a Lei do Inquilinato (8.245/1991) estabelece que a locação para temporada não deve ultrapassar 90 dias e possibilita o pagamento antecipado. Se o locatário permanecer no imóvel por mais de 30 dias após o prazo legal, sem oposição do locador, ficará prorrogado o prazo do contrato por tempo indeterminado, não podendo haver mais pagamento antecipado.

Para auxiliar e evitar surpresas desagrad√°veis durante a viagem, a advogada d√° algumas dicas:

  • N√£o confie totalmente em fotos colocadas na internet e tente obter refer√™ncias sobre o im√≥vel.
  • Se o im√≥vel ficar em um pr√©dio com piscina e op√ß√Ķes de lazer, verifique se poder√° ser utilizado.
  • Se a transa√ß√£o for mediada por uma imobili√°ria ou por um corretor de im√≥veis, verifique se a empresa ou o profissional s√£o id√īneos com o Creci (Conselho Regional de Corretores de Im√≥veis)
  • D√™ prefer√™ncia a loca√ß√Ķes que utilizam contrato.
  • O contrato de loca√ß√£o √© a garantia tanto para o dono quanto para o locat√°rio. Ele deve ser de at√© 90 dias e precisa conter uma lista de tudo o que o im√≥vel proporciona.