PUBLICIDADE

- INVIS√ćVEL

Fascínio por peixe-lua faz brasileiro viajar o mundo

Por muito tempo, o mergulhador e fot√≥grafo brasileiro Daniel Botelho teve uma fixa√ß√£o inexplic√°vel toda vez que sa√≠a para o alto mar em uma expedi√ß√£o: encontrar e fotografar um exemplar de peixe-lua, o maior peixe √≥sseo dos oceanos, apelidado de ‚Äúcachorrinho dos mares‚ÄĚ por ele devido ao seu comportamento manso.

Essa determina√ß√£o, que, segundo Botelho, vem desde 2009, o fez viajar para v√°rios lugares para ‚Äúgarimpar‚ÄĚ a biodiversidade marinha em busca do animal, que √© raro de ser visto, principalmente se h√° movimenta√ß√£o humana nas proximidades.

Indon√©sia e Estados Unidos, principalmente na costa da Calif√≥rnia, foram alguns dos locais onde ele avistou a esp√©cie. Na √ļltima de suas incurs√Ķes, em novembro passado, Botelho conseguiu se aproximar de um grupo de peixes-lua que estava no Oceano Pac√≠fico, na costa americana, e clicou de pertinho um exemplar.