PUBLICIDADE

- INVISÍVEL

Fashion Revolution Day promove reflexão

No dia 24 de abril de 2013 aconteceu uma das maiores tragédias que a indústria da moda já viveu: o colapso do Rana Plaza, em Bangladesh, edifício que abrigava diversas fábricas de roupas que produziam, em larga escala, para renomadas marcas globais. A catástrofe deixou mais de 1.133 trabalhadores têxteis mortos e outros 2.500 feridos.

Esse foi o ponto de partida para o Fashion Revolution (Revolução da Moda), movimento criado em Londres pelas designers e ativistas Carry Somers e Orsola de Castro com o objetivo de evitar mais acidentes como o do Rana Plaza, tornando o mercado fashion mais seguro, sustentável e humano. Para incentivar a reconexão de toda a indústria, elas se uniram a um conselho global de líderes da indústria da moda sustentável, ativistas, imprensa, acadêmicos e interessados em geral, e o movimento começou a crescer e engajar pessoas mundo afora.