PUBLICIDADE

- INVISÍVEL

Maquiagem para negras: valorize seu tom de pele

Engana-se quem pensa que a colorimetria – ou seja, o estudo das cores, sua intensidade e pigmentação – não se aplica a negras e mulatas: assim como as donas de peles clarinhas, elas também devem atentar para a subtonalidade da própria cútis na hora de escolher a roupa ou o esmalte que mais a valorizam.

Divididas em frias e quentes, as peles negras aceitam bem quase todas as cores na hora da maquiagem, “mas é preciso entender quais são as temperaturas ideais para não causar efeitos desastrosos”, alerta a consultora de moda Monica Rigatto.

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)