PUBLICIDADE

- INVISÍVEL

Masters uma homenagem aos mestres!

colunistas_Alvaro-Guillermo

Tenho visto que a cadeira Masters de Philippe Starck tem sido bastante utilizada em ambientes aqui no Brasil. Recentemente numa mostra fiquei admirado com o desconhecimento do conceito da criação da peça.

A cadeira já tem cinco anos, muito pouco para a história do design de mobiliário, é recente. No ano do lançamento escrevi que Philippe Starck escolheu o momento certo para fazer esta homenagem, estava muito centrado em suas criação e afastado da comunidade do design, assim esta homenagem ecoou na comunidade como um ato de humildade e reconhecimento aos seus antecessores. Importante e necessário.

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

A cadeira Masters faz uma homenagem a três cadeiras, que para o autor foram importantes na história do design, cada cadeira é um símbolo do mobiliário moderno. É muito importante perceber que a criação não é uma mera junção de formas, ou superposição das cadeiras e sim a interpretação do signo mais importante de cada uma delas que pode ser facilmente identificado no objeto final.

É por este motivo que cadeira Masters recebeu o “Good Design Award 2010”, do Chicago Athenaeum – Museum of Architecture and Design.

As cadeiras homenageadas são: a “Tulip Armchair”, de Eero Saarinen, a “Série 7”, de Arne Jacobsen e a “Eiffel Chair”, de Charles Eames.

A cadeira Masters é empilhável, muito leve, seu acabamento permite o uso in e out-door, coisa que o P. Starck vem discutindo muito em seus projetos. Está disponível em várias cores de quentes a dourados o que permite sua inserção em qualquer ambiente. A peça foi lançada pela Kartell.

Assim fico, feliz de ver seu uso por arquitetos e designers de interiores, pois desta forma estão homenageando quatro grandes nomes do design.

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)