PUBLICIDADE

- INVISÍVEL

Morre aos 74 anos o psiquiatra e educador Içami Tiba

O psiquiatra, educador e escritor Içami Tiba morreu em São Paulo às 19h neste domingo (2). Ele estava internado no Hospital Sírio Libanês para tratamento de um câncer desde janeiro deste ano, mas a causa da morte ainda não foi divulgada. O sepultamento será feito às 16h desta segunda-feira (3) no Cemitério do Morumbi, em São Paulo.

Içami Tiba estava internado no Hospital Sírio Libanês (Foto: Divulgação/Integrare Editora)

Içami Tiba estava internado no Hospital Sírio Libanês (Foto: Divulgação/Integrare Editora)

Ele era filho de imigrantes japoneses, que vieram ao Brasil em 1936. Seus pais construíram um armazém em Tapiraí, no interior de São Paulo. Içami Tiba se formou em medicina pela Universidade de São Paulo, em 1968, e logo fez especialização em psiquiatria pelo Hospital de Clínicas, onde foi professor.

Suas obras foram referência para pais, filhos, educadores, psicólogos, psiquiatras e psicopedagogos. Tiba tinha uma visão considerada moderna e adequada aos dias atuais. Ele foi reconhecido por usar uma linguagem coloquial e bem humorado.

Içami Tiba deixa a mulher Maria Natércia, os filhos Natércia Tiba, André Luiz Martins Tiba e Luciana Martins Tiba, os netos Kaká e Dudu.