PUBLICIDADE

- INVISÍVEL

Mulheres ignoram Guerra dos Sexos na Volvo

É possível uma disputa equilibrada entre homens e mulheres que envolva o limite do desgaste físico e psicológico? Quais são as diferenças entre uma equipe masculina e uma feminina numa regata de volta ao mundo? E como se comportam ambos os lados nessa “Guerra dos Sexos”? Se depender do time feminino da SCA, esse cenário é muito saudável e completamente possível. É claro que as diferenças existem, mas são equilibradas e ajustáveis, como conta a velejadora Carolijn Brouwer.

“A vela é um esporte onde é possível velejar mulheres e homens juntos ou um contra o outro. Também existem muitas equipes mistas. Eu, por exemplo, competi na Olimpíada da China, em 2008, por uma equipe mista”, disse a holandesa, embora admita que mulheres em uma regata desgastante como a Volvo Ocean Race sejam presenças mais raras. Até por isso, a equipe da SCA leva três mulheres a mais a bordo do que os times masculinos: são 11 velejadoras e 1 jornalista.