PUBLICIDADE

- INVISÍVEL

Net-a-Porter volta a vender marcas brasileiras

O Net-a-Porter, um dos maiores e-commerces de luxo do mundo, volta a olhar para o Brasil. O foco não é vender para cá, mas selecionar estilistas brasileiros para o portfólio da loja online. O primeiro resultado palpável é que entre junho e julho já estarão à venda peças das marcas de moda praia Adriana Degreas e Vix Paula Hermanny, conforme contou ao FFW Maria Williams, compradora sênior de lingerie e moda praia do Net-a-Porter. Ela adiantou que a intenção é que mais grifes brasileiras passem a fazer parte do site.

No mês passado, foi anunciada a fusão do Net-a-Porter com o Yoox, e-commerce italiano multimarcas que vende para mais de cem países, em uma transação bilionária. A expectativa do setor é que a fusão dê novo fôlego ao site.
Esta não será a primeira vez que o Net-a-Porter tem estilistas brasileiros em seu portfólio. Alexandre Birman e Clube Bossa já fizeram parte, mas a parceria acabou não tendo continuidade.

Maria veio ao Brasil para o SPFW Verão 2016 e acompanhou a semana de moda inteira. Agora, ela prepara um relatório que será entregue aos compradores de outras áreas com o que viu por aqui.