PUBLICIDADE

- INVISÍVEL

Pharrell Williams encerra Lollapalooza com festa

Em um dia com pegada mais pop, em que o multifacetado Pharrel Williams (cantor, rapper, produtor, compositor, baterista e estilista – não é à toa que seu próprio site oficial o chama de ‘força criativa’) encerrou o palco principal, o rock e a música eletrônica também fizeram bonito no Lollapolloza Brasil.

Entre os representantes mais rock and roll, o Interpol se apresentou no palco Skol e deixou a tarde chuvosa mais melancólica, embora não menos animada. Do time mais rockeiro, Pitty, que se apresentou no palco Axe e carregava a missão de ser o nome brasileiro mais aguardado do festival, agradou quem a assistiu. Ela trouxe grandes sucessos de sua carreira, além de já novos hits do mais novo álbum, Setevidas.

E se podemos falar em sucesso de público no Lolla, é preciso citar o DJ escocês Calvin Harris que atraiu uma multidão, inclusive de famosos, para sua apresentação. Sozinho no palco e abusando de efeitos especiais, o DJ só não pode se queixar de solidão, já que os fãs cantaram junto e vibraram principalmente com o sucesso “I feel so close”.

Encerrando a noite do palco Axe, os veteranos do Smashing Pumpkins encantaram o público com a sonoridade diversa e densa com a forte presença de guitarras, mas o grand finale ficou mesmo por conta de Pharrell, que fez a despedida do palco principal, emocionou-se com a apresentação no Brasil, fez uma festa com fãs no palco e, claro, deixou todo mundo ‘happy’ com esta edição do Lolla.

pharrell