PUBLICIDADE

- INVIS√ćVEL

Praia Grande é a cidade que mais investe em saneamento básico por habitante no País, segundo ranking

Cidade subiu 22 posi√ß√Ķes em ranking, ficando com a 12¬™ posi√ß√£o no geral. A informa√ß√£o √© do Instituto Trata Brasil.¬†

 

Foto: Divulgação / Prefeitura de Praia Grande

Da redação

Praia Grande √© a cidade que mais investe em saneamento b√°sico por habitante em todo o Pa√≠s, segundo ranking sobre o assunto divulgado pelo Instituto Trata Brasil, nesta quarta-feira (20). No ranking geral, o Munic√≠pio subiu 22 posi√ß√Ķes em rela√ß√£o √† edi√ß√£o de 2023, passando a alcan√ßar a 12¬™ posi√ß√£o entre os 20 melhores colocados.

Para produzir o ranqueamento, foram levados em considera√ß√£o indicadores do Sistema Nacional de Informa√ß√Ķes sobre Saneamento (SNIS), ano-base de 2022, publicado pelo Minist√©rio das Cidades. O Ranking do Saneamento de 2024 √© composto pela an√°lise de dimens√Ķes de cada munic√≠pio, como atendimento, efici√™ncia e investimento, e destaca os munic√≠pios que mais variaram de forma positiva e negativa em rela√ß√£o ao Ranking de 2023.

O principal destaque fica por conta do indicador de Investimentos por Habitante, no qual consideram-se n√£o apenas os investimentos realizados pelo(s) prestador(es) de servi√ßo, mas tamb√©m os investimentos realizados pelo Poder P√ļblico (estados e munic√≠pios). O indicador m√©dio dos munic√≠pios equivale a R$ 138,68 por habitante de 2022 e Praia Grande desponta em primeiro lugar investindo R$ 693,01 por habitante. √Č importante observar ainda que o Plano Nacional de Saneamento B√°sico considera ideal o investimento anual de R$ 231,09 por habitante.

Praia Grande 

Conforme a administração municipal, Praia Grande possuía 349.935 habitantes em 2022; 96,79% da população com acesso ao abastecimento de água e 82,54% com acesso a coleta de esgoto; 72,58% do esgoto tratado; 32,62% de perda de água na distribuição; 274,62 litros de água perdidos por ligação diariamente; R$ 1.212.540.000,00 investido de 2018 a 2022, resultando no investimento anual médio de R$ 693,01 por habitante.

Segundo a prefeitura, boa parte do resultado do levantamento é fruto de contrato firmado em 2018, garantindo investimentos em expansão da rede de esgoto para todos os imóveis da Cidade e ampliação da reservação de água para atender também o fluxo sazonal de veraneio.

A prefeita Raquel Chini atribui a coloca√ß√£o positiva da Cidade, principalmente, ao acompanhamento atento e firme para que as metas sejam cumpridas e √† parceria consistente com a Sabesp. ‚ÄúHoje temos o compromisso do Governo do Estado quanto √† garantia de atendimento das metas de universaliza√ß√£o at√© 2028 e amplia√ß√£o das a√ß√Ķes relacionadas a qualidade do servi√ßo‚ÄĚ, avalia a chefe do Executivo.