PUBLICIDADE

- INVISÍVEL

SELFIE: A moda que pega

Ultimamente, com o crescente uso das redes sociais, uma das palavras mais usadas entre os usuários é a tal de “selfie”, que significa um autorretrato. Como faz? Aposto que todos já sabem, é mais fácil do que pensam. Pegue um celular, uma camêra, vire pra você e aperte o botão: tcharãããm! E a partir disso, foram até criados os chamados “Pau de selfie”. Não entendeu? Vamos explicar tudo nessa matéria.
Há registros que a primeira selfie da história aconteceu em 1839, e foi tirado por Robert Cornelius: Foi feita com uma técnica que exigiu que ele ficasse de 3 a 15 minutos parado na mesma posição. Já imaginou se fosse assim hoje?
Uma outra selfie que entrou para a história, uma de 1920, no telhado do estúdio Marceu, em NY e uma das melhores naquela época: Da terra para a Lua, Buzz Aldrin, em 1966, ao tirar um autorretrato ao chegar na Lua.
Há quem não goste de selfie? Existem os exagerados, os que levam isso ao meio termo, mas sempre quando não percebemos, estamos lá tirando umas selfies, no meio da balada, no meio do bar, do almoço em família, na escola e até deitado. Mas como sempre falam, tudo o que é muito, é chato! Então, manerem! Você sabia que até truques para fazer bonito, já existe?
A estudante Juliana Elorze adora um selfie. “O selfie é bem prático, por conta de não ter que pedir foto para as pessoas, gosto muito e costumo tirar bastante quando estou arrumada ou com a galera”, afirma.

Já o fotógrafo Gino Pasquato, acredita que o ato da pessoa se fotografar já existe há muito tempo. “Com o advento das mídias instantanêas, Facebook, Instagram, Whatsapp ficou mais anatômico fotografar, acho muito legal para uma brincadeira, mas algumas pessoas não têm limites, e o fato de ter muitas pessoas assim, ficou chato”, afirma.