PUBLICIDADE

- INVISÍVEL

Sofia começa a se alimentar após transplante nos EUA

A menina Sofia Gonçalves de Lacerda, que passou por um transplante multivisceral na sexta-feira (10), começou a receber a primeira alimentação. Em uma postagem divulgada pela mãe, Patrícia, em uma rede social nesta quarta-feira (15), ela afirma que as primeiras soluções estão sendo introduzidas pelos médicos.

Na postagem, a mãe afirma que a fórmula parece leite. “Hoje a nossa bonequinha começou pela primeira vez a se alimentar. É uma fórmula (vivonex pedi), como se fosse um leitinho, está sendo introduzido pelo seu GJ. Tube, 3 ml/h. Ainda não é pela boquinha, mais já é um grande progresso para quem nunca tinha se alimentado. Ela continua evoluindo bem no seu pós-operatório e tem passado por vários exames todos os dias”, diz Patrícia.

Sofia começa a receber alimentação após transplante.

Sofia começa a receber alimentação após transplante.

Sofia nasceu com Síndrome de Berdon, uma doença rara que causa a má formação de vários órgãos do sistema digestivo. Ela sequer conheceu a casa dos pais, em Votorantim (SP), já que sempre ficou hospitalizada. A menina chegou a ser submetida a três procedimentos cirúrgicos no Brasil, mas ainda necessitava de atendimento especializado para a síndrome rara e para o transplante multivisceral, que não poderia ser realizado no país. A transferência para os EUA só aconteceu por determinação da Justiça, que ordenou que a cirurgia, estimada em R$ 2 milhões, fosse paga pelo governo brasileiro.