PUBLICIDADE

- INVIS√ćVEL

Stella McCartney interrompe uso de l√£ contra maus tratos

Em 2014,¬†Stella McCartney¬†introduziu pela primeira vez no mercado de luxo um tipo de l√£ sustent√°vel¬†da Patag√īnia. A ideia inicial parecia perfeita para a estilista, que √© conhecida por seu vegetarianismo e grande preocupa√ß√£o ambiental. Por√©m, na √ļltima semana, den√ļncias do PETA mostraram que a extra√ß√£o deste material, na verdade, maltratava os animais. Decepcionada, a designer decidiu se posicionar pelo Instagram em dois posts:

“Estou muito triste em anunciar que tivemos que cessar o abastecimento de l√£ sustent√°vel da Ovis 21, na Patag√īnia. Isso nasceu como uma iniciativa maravilhosa para ajudar a proteger milh√Ķes de acres de vegeta√ß√Ķes em extin√ß√£o na Patag√īnia, enquanto cuid√°vamos do bem-estar dos animais. Infelizmente, ap√≥s conduzirmos nossa pr√≥pria investiga√ß√£o na Argentina, seguindo as imagens angustiantes divulgadas pelo pessoal do @officialpeta, descobrimos que um¬†dos 26 ranchos que us√°vamos como fonte de l√£ sustent√°vel maltratavam suas ovelhas.¬†E um j√° √© muito.”

“Como uma estilista que construiu uma marca em cima da ideia de n√£o usar couro, pelo ou peles de animais em suas cria√ß√Ķes, eu n√£o posso tolerar isso! Estou devastada pelas not√≠cias, mas mais determinada que nunca para brigar pelos direitos dos animais na moda e monitorar ainda mais de perto todos os fornecedores envolvidos nesta ind√ļstria que acaba com vidas inocentes. N√≥s tamb√©m estamos pensando em l√£¬†vegana, da mesma maneira que conseguimos desenvolver e incorporar boas alternativas ao couro e pele ao longo dos anos”, disse ela.