PUBLICIDADE

- INVISÍVEL

Tudo sobre desfile de Giuliana Romano no SPFW!

Roupas para um momento de  trégua com o stress urbano/digital. O estilo contemporâneo da marca – alfaiataria de inspiração arquitetônica, linguagem geométrica de formas e padrões, materiais explorados de maneira sutil e utilitária – aliado a possibilidades de placidez e contemplação. Uma proposta para se incorporar conceitos do imaginário de hoje, que circulam velozmente em informações e diálogos do ambiente virtual, ao figurino cotidiano: orgânico, natural, leve, despojado.

Acompanhando referências ambientais (céu, Sol, Lua, mar, areia, folhas ao vento) a coleção é pautada por delicadeza e conforto. Os tecidos fazem um jogo de  aparências: o laise geométrico vazado lembra renda, a trama do jacquard de seda duchesse remete ao artesanato de antigos tapetes e cestos de palha, o vichy devoré é brejeiro (pense em malemolências baianas) e o linho, no peso ideal para estruturar formas flexíveis, tem cara de jeans. A cartela de cores é mínima e luminosa: branco, amarelo, azul.

O artesanato ancestral também aparece citado nos acessórios, assinados por Vera Cortez, em sua mistura contrastante de pedras (citrino e lápis-lázuli) e metal, além de uma revisão atualizada dos brincos de argolas créole. Nos pés, calçados de bases elevadas e sólidas, como pedestais que enfatizam a silhueta vertical, sublinhada por comprimentos  mínis ou longos.

Giuliana Romano apresenta um verão de calmaria, sem  estridências. Suave e sensual, ao som da brisa nas árvores, das ondas do mar e do canto dos pássaros. Paz & sossego.

Olhá só quem esteve na primeira fila:

250449_492614_marina_sanvicente_web_ 250449_492625_vania_goy__2__web_ 250449_492618_priscila_borgonovi_e_isabel_wilker__1_ 250449_492616_paula_martins__3__web_ 250449_492620_raphael_falci_e_paola_de_orleans_e_braganc__a__4_