PUBLICIDADE

- INVISÍVEL

Vale do Silício vive expectativa para lançamento do Apple Watch

A Apple se prepara para revelar hoje (9), os detalhes adicionais de seu relógio de pulso inteligente, o Apple Watch, que começará a ser vendido em abril e será o primeiro produto novo da empresa no mercado desde o lançamento do iPad em 2010.

O evento no centro de arte Yerba Buena de San Francisco está rodeado pelo sigilo que caracteriza as apresentações da gigante tecnológico de Cupertino (Califórnia). O convite enviado aos meios de comunicação na semana passada se limita a dizer “Spring Forward”, algo como “Antecipando a primavera”, e não indica que o Apple Watch será o protagonista do evento, embora todos os especialistas apostem nisso.

A expectativa é que a versão mais barata do relógio de pulso inteligente seja vendido por US$ 350 e que os modelos mais caros oscilem entre US$ 5 mil e US$ 10 mil, o que os situaria bem acima do produto mais caro da Apple, seu computador Mac Pro mais potente, que ronda os US$ 4 mil.

Os usuários do relógio da Apple poderão ler mensagens de texto e verificar seu e-mail através da tela tátil do dispositivo, que oferecerá também instruções sobre como chegar a um determinado destino. Os analistas esperam que sejam vendidos entre 10 milhões e 20 milhões desses produtos durante o primeiro ano, muito abaixo dos 100 milhões de iPhones comercializados em 2014, mas mesmo assim um êxito para um relógio inteligente.