PUBLICIDADE

- INVISÍVEL

Viaduto da Alemoa terá faixa liberada para caminhões

Após o anúncio do fim do incêndio no terminal da Ultracargo, na Alemoa, em Santos, o Ministro dos Portos, Edinho Araújo, afirmou em entrevista coletiva do Gabinete de Crise, que ainda hoje (10), haverá a liberação de uma pista para o acesso dos caminhões à margem direita do Porto de Santos. Amanhã (11), terá uma flexibilização no horário dos caminhões, já que entre 12 e 18 mil veículos estão retidos em postos. “Agora é preciso normalizar o Porto. É preciso mobilização de forcas para melhorar alças de acesso ao Porto de Santos”, afirmou.

Já o presidente da Codesp, Agelino Caputo, informou que no domingo (12), talvez seja possível a liberação de duas ou três pistas para o acesso de caminhões. A operação será comandada pela Codesp e o prazo para o fluxo normal é de três ou quatro dias.

PROIBIÇÃO DE CAMINHÕES

Desde segunda-feira (6), o Gabinete de Integração, que reúne setores da prefeitura e dos governos estadual e federal, decidiu que o acesso de caminhões à margem direita do Porto de Santos estava bloqueado. Os caminhões que têm como destino a margem esquerda (Guarujá) poderão seguir normalmente.

A medida foi tomada para que não houvesse um estrangulamento na entrada da cidade por conta do incêndio que ocorre nos tanques da Ultracargo, no bairro Alemoa, desde a última quinta-feira. “Nossa preocupação é preservar o direito e mobilidade do santista”, afirmou o prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa.

DSC01080