PUBLICIDADE

Brasil / Política

Justiça determina preservação de sede do DOI-Codi em São Paulo

Da Agência Brasil

A Justi√ßa determinou a preserva√ß√£o dos elementos estruturais e arquitet√īnicos dos pr√©dios que comp√Ķem as antigas instala√ß√Ķes da sede do Destacamento de Opera√ß√Ķes de Informa√ß√£o ‚Äď Centro de Opera√ß√Ķes de Defesa Interna (DOI-Codi), para onde eram levados os presos durante o regime militar, na Rua Tut√≥ia, bairro do Para√≠so, na capital paulista. A a√ß√£o foi movida pela Promotoria de Justi√ßa de Direitos Humanos do Minist√©rio P√ļblico do Estado de S√£o Paulo.

Segundo a decis√£o da Fazenda P√ļblica, est√£o proibidos novos usos das depend√™ncias ou a instala√ß√£o de outros servi√ßos p√ļblicos no local. Al√©m da conserva√ß√£o das estruturas f√≠sicas, ficou determinada a elabora√ß√£o de um memorial.

O im√≥vel, que pertence √† Secretaria da Seguran√ßa P√ļblica, j√° √© tombado pelo patrim√īnio hist√≥rico estadual e, com a decis√£o, ganha pol√≠ticas p√ļblicas para a sua preserva√ß√£o. O MP-SP sugeria tamb√©m a transfer√™ncia da Secretaria Estadual de Cultura para o DOI-Codi, mas o pedido foi rejeitado pela Justi√ßa.

A Agência Brasil pediu um posicionamento do governo estadual e aguarda resposta.