PUBLICIDADE

- INVIS√ćVEL -

Trabalhadores portuários protestam contra terceirização

Os empregados da Codesp fazem um protesto na porta da empresa na tarde desta quarta-feira (15) para chamar a atenção sobre a lei da terceirização. A categoria se reuniu em assembleia e decidiu fazer o protesto que ocorre em várias partes do País.

 Outros portos brasileiros, como os do Rio de Janeiro, Recife (PE), Salvador (BA) e Vitória (ES), também estão parados. O  ato ocorre porque os sindicalistas são contrários ao projeto que prevê a terceirização sem limites. Para os trabalhadores sindicais, os funcionários devem receber menos se o projeto for aprovado, explicou o presidente dos Estivadores, Rodnei Oliveira da Silva.
11150219_1066744256688633_4409991797133064724_n

Trabalhadores em frente a Codesp, em Santos

 

 

Ai6uvMkQFGU2Rnlrp_beBiO8r7-owvP6EkvwCsUSHCk3

Assembleia na noite de ontem (13), para decidir sobre o protesto