PUBLICIDADE

2.0 - REGIÃO

Minist√©rio da Sa√ļde confirma 17 casos de coronav√≠rus no Pa√≠s

Da Redação e da Agência Brasil

O n√ļmero de casos confirmados do novo coronav√≠rus (Covid-19) chegou a 17, segundo atualiza√ß√£o divulgada hoje (7) pelo Minist√©rio da Sa√ļde. S√£o quatro pacientes infectados a mais em compara√ß√£o com o balan√ßo apresentado ontem (6) pelo √≥rg√£o.

O maior crescimento foi em São Paulo. O estado, que tinha 10 casos confirmados, informou mais três na atualização de hoje. O quarto foi um novo paciente no Rio de Janeiro, que chega a dois casos positivos. Além dessas unidades da Federação, foram confirmadas uma pessoa infectada no Espírito Santo e outra na Bahia.

No Distrito Federal, uma mulher teve resultado positivo para o v√≠rus. Contudo, como o teste foi feito em uma unidade de sa√ļde particular, uma contraprova est√° sendo providenciada para validar ou n√£o a condi√ß√£o da paciente.

J√° os casos suspeitos ca√≠ram entre ontem e hoje, de 768 para 674. Mais 601 casos foram descartados pelas autoridades de sa√ļde. S√£o Paulo segue liderando tamb√©m a quantidade de suspeitas, com 184. Em seguida v√™m Minas Gerais (123), Rio de Janeiro (111), Rio Grande do Sul (88) e Santa Catarina (44).

Em cinco estados não foram registrados até agora casos suspeitos: Maranhão, Amapá, Roraima, Acre e Tocantins.

Baixada Santista

Neste s√°bado, S√£o Vicente confirmou o primeiro caso suspeito de coronav√≠rua na cidade.¬† Trata-se de uma mulher, de 57 anos, que morou por seis anos na Espanha, tendo vivido em Sevilla nos √ļltimos sete meses.

No começo de fevereiro, ela esteve na Itália, passando pelas cidades Eracleia, Mari e Veneza. Conforme relatado, a mulher começou a apresentar sintomas ainda no início de fevereiro, em uma crise asmática. Foi medicada, tomando amoxilina e corticóide. Saindo da Itália, voou até Portugal e, 12 horas depois, embarcou para o Brasil, chegando no dia 20/02.

Há cinco dias, ela teve febre e dispneia. Então, na noite desta sexta-feira (6), a mulher foi ao Hospital Municipal, onde foi colocada em isolamento. Foi realizada coleta do swab, além de exames laboratoriais e radiológicos.

Neste sábado (7), foi solicitada vaga por meio do sistema CROSS. Com a vaga disponibilizada, por volta das 11h40, a mulher foi transferida para o Hospital Emílio Ribas, em Guarujá, que é referência regional. O resultado do exame que identifica o vírus deve sair em até três dias.