PUBLICIDADE

Região / Cotidiano

CDHU inicia serviços técnicos para construção de 100 unidades habitacionais em Praia Grande

Da Redação

Praia Grande foi contemplada com a construção de mais 100 unidades habitacionais dentro do programa Vida Digna, do Governo do Estado de São Paulo. A iniciativa tem como objetivo principal remover famílias que vivem atualmente em submoradias localizadas em áreas de palafitas na Baixada Santista.

Nesta terça-feira (17), equipe da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo (CDHU) iniciou os trabalhos técnicos relacionados a construção das 100 unidades habitacionais na Cidade. Os procedimentos serão efetuados nas três áreas que receberão os imóveis.

Técnicos da Secretaria de Habitação (Sehab) da Prefeitura de Praia Grande acompanharam os trabalhos. Neste primeiro momento, a equipe da CDHU está realizando os procedimentos de sondagem do solo. Amostras serão encaminhadas para análise. Na sequência será a vez do levantamento topográfico dos espaços.

“Praia Grande vem tratando a habitação como prioridade. Essas 100 novas unidades habitacionais dentro do programa Vida Digna serão fundamentais para solucionar questões relacionadas a comunidades que vivem neste tipo de submoradia na Cidade”, comentou o secretário de Habitação praia-grandense, Anderson Mendes, que acompanhou os trabalhos da CDHU nesta terça.

Vida Digna

O desenvolvimento do programa Vida Digna só foi possível graças a um levantamento efetuado pela Secretaria de Habitação do Estado em parceria com as equipes técnicas das Cidades. Vistorias nas comunidades em que foram constadas a incidência de palafitas também fizeram parte do processo.

As 100 unidades habitacionais do Vida Digna em Praia Grande serão construídas em três áreas disponibilizadas pela Administração Municipal e que estão localizadas nos seguintes bairros: Sítio do Campo, Esmeralda e Vila Sônia.

Foto: Divulgação Prefeitura Municipal de Praia Grande