PUBLICIDADE

Regi√£o / Cotidiano

Temporal atinge moradores e três comunidades indígenas de Itanhaém; veja como ajudar

Na cidade, cerca de 200 casas foram danificadas. O Fundo Social de Solidariedade está arrecadando alimentos não perecíveis, produtos de limpeza e de higiene pessoal.

Vídeo: Reprodução

Por Vinícius Farias

As fortes chuvas que atingiram a Baixada Santista na madrugada desta quinta-feira (26), afetaram tr√™s aldeias ind√≠genas, em Itanha√©m. Na cidade, cerca de 200 casas foram danificadas. O¬†Fundo Social de Solidariedade da cidade est√° recebendo doa√ß√Ķes de alimentos n√£o perec√≠veis, produtos de limpeza, produtos de higiene pessoal, √°gua, leite e colch√Ķes, para as fam√≠lias.

A Prefeitura de Itanhaém registrou quedas de árvores, falta de luz e destelhamentos de casas. Segundo o líder da comunidade indígena do Rio Branco, Wera Xunu, diversas moradias foram devastadas com o temporal. Na aldeia, são 23 famílias, um total de 110 pessoas afetadas.

Além deles, os moradores das aldeias Aldeinha e Nhanderekoa também ficaram desabrigados.

Foto: Reprodução

As famílias foram previamente abrigadas na Casa de Reza, uma capela da aldeia. A administração ressaltou que, pelo difícil acesso ao local, está sendo feito o monitoramento pela Defesa Civil e foi necessário o apoio da Funai. A Secretaria de Serviços e Urbanização está com seus profissionais nas ruas da cidade, concentrando esforços na desobstrução de galerias de bocas de lobo, limpeza de valas e roçagem dos pontos mais afetados, como nos bairros Oásis, Jardim Coronel, Umuarama e Gaivota.

Para dar apoio ao p√ļblico, a administra√ß√£o tamb√©m informou que disponibilizou a Escola Municipal Filomena Dias Apelian para receber¬† desabrigados. Em caso de qualquer ocorr√™ncia, os moradores podem entrar em contato com a Defesa Civil pelo telefone 199.

Ajuda

O Fundo Social de Solidariedade está arrecadando alimentos não perecíveis, produtos de limpeza e de higiene pessoal. A sede fica na Rua Aécio Menucci, 281, no Centro, ao lado da Secretaria de Turismo. O horário de funcionamento é das 9h às 12h e das 13h às 16h.

Temporal

A Defesa Civil de São Paulo emitiu um alerta para fortes chuvas e tempestades na Baixada Santista entre quarta-feira (25) e sexta-feira (27). De acordo com a previsão, a região terá chuvas de até 80mm e os ventos podem chegar a 70 km/h. A previsão se confirmou, com uma tempestade, que derrubou árvores, deixou pessoas sem luz e até desabrigadas. Confira tudo na reportagem.