PUBLICIDADE

Região / Economia

Em 2024, Dia das Mães deve ter aumento de 5% das vendas, segundo CDL Santos Praia

O levantamento nacional mostra que a média de gastos no País deve ser de R$ 314,00

 

Foto: Imagem Ilustrativa /Freepik

Da redação

Seja lembrancinha ou presentão, todas as mães merecem um carinho especial. O Dia das Mães é considerada uma das datas mais importantes do comércio e por isso, a expectativa no comércio é alta.

Na Baixada Santista, de acordo com o presidente da CDL Santos Praia, Nicolau Miguel Obeidi, as vendas devem subir 5% em relação ao ano passado. “Acreditamos que as pessoas vão deixar pra comprar mais perto da data. E os produtos mais escolhidos são aqueles tradicionais: flores, perfumes, cosméticos, roupas e artigos eletrônicos”, pontua.

E esse crescimento de fato, é uma tendência. De acordo com um levantamento feito em todas as capitais do Brasil pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em parceria com a Offerwise Pesquisas, pelo menos 78% dos consumidores devem realizar pelo menos a compra de um presente. Com isso, em todo País as vendas devem ser mais expressivas do que em 2023. As principais presenteadas serão as mamães (75%), esposas (18%), sogras (16%) e as avós (12%).

Segundo a pesquisa, mais de 120 milhões de pessoas devem ir às compras, o que deve injetar cerca de R$ 40 bilhões de reais na economia nacional no segmento de comércio e serviços. O levantamento aponta que 18% dos consumidores devem gastar até R$ 100. Já cerca de 23% deve comprar presentes entre R$ 101 a R$ 200. Em média, os consumidores pretendem comprar dois presentes na data e com isso, o ticket médio de compras é de R$ 314, considerando todas as despesas.

Como já citado pelo presidente da CDL Santos Praia, a pesquisa nacional também mostra os campeões de vendas que devem ser roupas, calçados ou acessórios (42%), perfumes (41%), cosméticos (26%) e chocolates (17%).

Mas até chegar à decisão o consumidor pretende pesquisar bastante, a maioria dos entrevistados, 80%, vai fazer isso antes de comprar. A forma de pagamento também foi questionada. Do total, 67% pretendem pagar os presentes à vista. Destes, 41% vão escolher o PIX. Para 29%, o pagamento será no cartão de crédito parcelado (29%), e em média serão escolhidas até quatro parcelas, uma a mais que no ano passado.