PUBLICIDADE

Região / Polícia

Polícia Civil prende homem em flagrante comercializando carne estragada em Itanhaém

A pris√£o aconteceu na tarde desta quinta-feira (16).¬† Foram apreendidas 35 caixas de frango em condi√ß√Ķes impr√≥prias para o consumo, que seriam entregues a um a√ßougue no bairro Belas Artes.

 

Foto: Divulgação /  Polícia Civil

Da redação

Um homem, de 24 anos, foi preso por comercializar carne estragada, em Itanha√©m. A pris√£o aconteceu na tarde desta quinta-feira (16). No total, foram apreendidas 35 caixas de frango em condi√ß√Ķes impr√≥prias para o consumo, que seriam entregues a um a√ßougue no bairro Belas Artes.

De acordo com a Pol√≠cia Civil, os investigadores cumpriam dilig√™ncias de campo quando visualizaram o ba√ļ da caminhonete vazando um liquido vermelho pelas ruas que trafegava semelhante a sangue. Com isso, a equipe ordenou a parada do ve√≠culo e inspecionou a carga transportada.

Foi constatado no local que a refrigera√ß√£o do ba√ļ estava quebrada e, com isso, estragando toda a carne transportada que j√° exalava forte odor. Os policiais civis questionaram o motorista sobre a nota fiscal da mercadoria e as condi√ß√Ķes impr√≥prias que o produto perec√≠vel era transportado. Ele alegou que o climatizador da carga estava quebrado h√° meses e que fazia diariamente o transporte dos produtos aliment√≠cios de um a√ßougue para outro em Itanha√©m.

O Delegado de Pol√≠cia respons√°vel pela investiga√ß√£o autuou o motorista pelo crime contra as rela√ß√Ķes do consumo e acionou a vigil√Ęncia sanit√°ria para proceder com os laudos t√©cnicos sobre as condi√ß√Ķes dos produtos , assim como, fiscaliza√ß√£o nos a√ßougues que comercializavam essas carnes.

O crime contra relação do consumo comporta fiança de R$ 5mil, que foi paga pelo indivíduo.