PUBLICIDADE

1.0 - SANTOS

Curso da Ouvidoria capacitará munícipes para agentes de transparência e controle social

Um curso inédito de agente de transparência e controle social será realizado em Santos pela Ouvidoria, Transparência e Controle (OTC), por meio da Escola Santista de Transparência Municipal – ESTM. O objetivo é capacitar conselheiros municipais e cidadãos para conhecer e utilizar os meios de acesso à informação, além de aprender a monitorar as metas do governo e avaliar resultados.

A novidade foi anunciada no 1º Fórum da Ouvidoria – OTC, realizado na quinta-feira (30), na Fundação Arquivo e Memória de Santos (Fams), reunindo cerca de 100 pessoas, entre funcionários do órgão e representantes de sociedades de melhoramentos, de conselhos municipais e de ouvidorias de Cubatão, São Vicente, Praia Grande e Bertioga. A capacitação será lançada oficialmente na primeira quinzena de janeiro para inscrição de interessados.

Na ocasião, as ações desenvolvidas pela OTC que objetivam transparência pública, maior participação popular, mediação de conflitos, combate à corrupção e controle de gastos foram apresentadas pela equipe do órgão. Entre elas, Ouvidoria Digital, projeto Aluno Ouvidor, Ouvidoria do Bairro, Ouvidoria Presente, Viva o Bairro, Sala de Mediação e Ouvidoria SUS. E, ainda, o controle de qualidade e o Indicameta – Participação Direta nos Resultados (PDR) e Plano Diretor de Metas (PDM).

 

PARTICIPAÇÃO

Também foram apresentados os canais de comunicação com a Ouvidoria e os instrumentos para o cidadão ser um fiscal do poder público, como portal da transparência, Ouvidoria, conselhos municipais, audiências públicas e Serviço de Informação ao Cidadão (SIC), entre outros. â€œEm Bertioga, a Ouvidoria foi implantada em 2015, então vim conhecer a estrutura para aplicar na minha cidade, visando melhorar o canal de comunicação com a população. Gostei da proposta do Viva o Bairro”, disse o ouvidor de Bertioga, o advogado Marcell da Silva Leite.

Para o presidente da Sociedade de Melhoramentos do Marapé, Dalve Negrão, os canais de comunicação com a Ouvidoria “são importantes para o munícipe ter ferramentas para acompanhar melhor os projetos e obras em seu bairro”. Também participou o secretário de Segurança, Sérgio Del Bel Júnior.