PUBLICIDADE

Santos / Cotidiano

Ap√≥s mais de 55 horas, inc√™ndio em galp√Ķes de Santos entra em fase de rescaldo

O fogo começou na noite deste domingo (18), por volta de 23h40, na Rua João Pessoa, 519, no Centro da cidade, próximo ao Porto de Santos. Ninguém ficou ferido.

 

 

Foto: Reprodução

Da redação

Ap√≥s mais de 55 horas, o inc√™ndio que atingiu dois galp√Ķes utilizados pela Receita Federal de Santos, entrou em trabalho de rescaldo. A informa√ß√£o foi confirmada pelo Corpo de Bombeiros. O fogo come√ßou na noite deste domingo (18), por volta de 23h40, na Rua Jo√£o Pessoa, 519, no Centro da cidade, pr√≥ximo ao Porto de Santos. Ningu√©m ficou ferido.

No momento, os agentes atuam em duas frentes, nas ruas Dr. Cochrane e Aguiar de Andrade, com 14 agentes e sete viaturas.

O armazém é da Dínamo Inter Agrícola Ltda e abrigava itens apreendidos da Receita Federal, que seriam leiloados no próximo dia 29. Segundo a corporação, a maioria desses produtos são plásticos e sintéticos.

Local sem AVCB

Os galp√Ķes que foram atingidos pelas chamas n√£o tinham Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB). O certificado atesta que a edifica√ß√£o possui todas as condi√ß√Ķes de seguran√ßa contra inc√™ndio e p√Ęnico, previstas na legisla√ß√£o, dimensionadas atrav√©s da elabora√ß√£o de Projeto T√©cnico Simplificado (PTS) ou Projeto T√©cnico (PT) e confirmadas em vistoria do Corpo de Bombeiros. A falta do documento pode acarretar em advert√™ncia, multa ou at√© interdi√ß√£o do local.

Em nota, a Dínamo informou que vem cooperando integralmente com os levantamentos que estão sendo realizados pelos órgãos envolvidos, auxiliando física e documentalmente com todos os dados necessários para a elucidação dos fatos. A empresa também declarou que todas as cláusulas de guarda foram fielmente respeitadas.

Há alguma suspeita do que causou o incêndio?

Foto: Praticagem de S√£o Paulo

A suspeita é de que tenha acontecido um curto-circuito dentro do armazém que iniciou o incêndio. De acordo com os bombeiros, ainda não é possível saber a causa do fogo. Ela deverá ser apontada pela Perícia da Polícia Técnico-Científica. Porém, só acontece após o local estar em segurança. 

H√° risco de desabamento?

Foto: Reprodução

Os agentes informaram que há o risco de desabamento. Inclusive, já houve o desabamento parcial de parte da estrutura.