PUBLICIDADE

Santos / Cotidiano

De olho no prazo! Grupo acompanhará intervenções e pontualidade das obras do VLT em Santos

De início, o grupo fará dois encontros semanais, para acompanhar os trabalhos e agilizar soluções para eventuais dificuldades encontradas para a realização de serviços. 

 

 

Foto: Isabela Carrari / Prefeitura de Santos

Da redação

A Prefeitura de Santos anunciou que as obras da implantação da segunda linha do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT), na cidade, vão ser acompanhadas por técnicos de secretarias municipais, empresas permissionárias de serviços públicos e da construtora encarregada.

Reuniões semanais serão promovidas regularmente para acompanhar os trabalhos e agilizar soluções para eventuais dificuldades encontradas para a realização de serviços dentro do cronograma estabelecido. O primeiro encontro foi realizado na manhã desta terça-feira (20), na sede da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Santos).

Segundo a administração municipal, a cada reunião será elaborada ata a ser enviada aos gabinetes do prefeito Rogério Santos e do secretário de Transportes Metropolitanos do Estado, Marco Antonio Assalve; à Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU) e ao escritório do CEO da Álya, construtora da obra. Será para dar ciência das questões apresentadas e agilizar procedimentos necessários.

Participantes 

De início, o grupo fará dois encontros semanais, exceto nesta semana. Fazem parte, além da CET-Santos, as secretarias municipais de Serviços Públicos (Seserp), Infraestrutura e Edificações (Siedi), Desenvolvimento Urbano (Sedurb) e das Prefeituras Regionais (Sepref), além da Defesa Civil do Município. As concessionárias participantes são Vivo, Sabesp, CPFL e Comgás.

VLT

O Governo do Estado, responsável pelo projeto do VLT, definiu julho deste ano para a entrega do novo trecho. A linha ligará a estação Conselheiro Nébias ao Valongo, região do Centro Histórico de Santos, terá oito quilômetros de extensão e contará com 12 estações instaladas próximo a locais de interesse público como o Mercado Municipal, o Poupatempo e o Terminal do Valongo.