PUBLICIDADE

Santos / Cotidiano

Túnel Santos-Guarujá: Ministério de Portos e Aeroportos abre consulta pública para obras de implantação

A cerimônia aconteceu em Brasília, nesta quarta-feira (13).

 

Foto: Divulgação / Prefeitura de Santos

Da redação

O Ministério de Portos e Aeroportos abriu, nesta quarta-feira (13), consulta pública a empresas interessadas na implantação do túnel Santos-Guarujá. A cerimônia aconteceu em Brasília.

Na oportunidade, o ministro, Silvio Costa Filho, também anunciou as datas em abril das audiências públicas do empreendimento: dia 17 em Santos; 18, em Guarujá; 19 na Autoridade Portuária de Santos (APS).

Orçada em R$ 6 bilhões e esperada pelos moradores da Baixada Santista há quase um século, a construção da ligação seca entre as duas cidades está incluída no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e será feita via Parceria Público-Privada (PPP).

O túnel ligando Santos a Guarujá será financiado pela União e pelo Estado e está inserido no pacote de obras que o Porto de Santos receberá nos próximos quatros anos, somando R$ 12,6 bilhões de investimentos, entre recursos públicos e de parcerias público-privadas (PPPs).

O ministro Silvio Costa Filho considerou a abertura da consulta pública “um momento importante, que ficará na história, com uma solução coletiva de busca através do diálogo”. O túnel submerso, classificou o ministro, será um “ativo da economia brasileira”.

Segundo Rui Costa, a instalação do túnel Santos-Guarujá vai gerar 5 mil empregos, entre diretos e indiretos. “E vai beneficiar mais de 100 mil pessoas”.

O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas, lembrou que a ligação seca entre as duas cidades vem sendo pensada há muitos anos. “O primeiro registro do assunto é da década de 1920. O momento chegou. O alinhamento está sendo feito agora. Muitos se perguntavam se o projeto sairia, depois veio a discussão se era ponte ou túnel. O túnel é possível. Há empresas nacionais e estrangeiras capazes de fazer esse túnel”.