PUBLICIDADE

Santos / Porto

Ministro de Portos e Aeroportos anuncia investimentos no Porto de Santos

Ser√£o R$ 12,6 bilh√Ķes em recursos p√ļblicos e via Parceria P√ļblico Privadas (PPP) e outros R$ 8, 68 bilh√Ķes estritamente privados. O plano de investimentos vai at√© 2028.¬†

 

Foto: Pedro Cavalcante/APS

Da redação

O ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, anunciou nesta segunda-feira (11), durante visita √† sede da Autoridade Portu√°ria de Santos (APS), um plano de investimentos no Porto de Santos da ordem de R$ 21,28 bilh√Ķes para o per√≠odo de 2024 a 2028. O plano envolve recursos federais, do Estado de S√£o Paulo, PPPs e privados. T√ļnel Santos-Guaruj√°, transfer√™ncia do Terminal de passageiros para o Valongo, Fips, aprofundamento do canal de navega√ß√£o e perimetral em Guaruj√° receber√£o aportes.

Doze projetos estrat√©gicos integram o Plano de Investimentos proposto pelo Minist√©rio de Portos e Aeroportos e pela Autoridade Portu√°ria de Santos (APS). ‚ÄúEsse √© o maior aporte de investimentos planejados para o Porto de Santos‚ÄĚ, diz o ministro, destacando a prioriza√ß√£o do Porto de Santos.

Um dos projetos contemplados √© a constru√ß√£o do t√ļnel ligando Santos √† Guaruj√°, o qual levar√° R$ 6 bilh√Ķes desse montante, um aporte a ser dividido igualmente entre os governos Federal e do Estado de S√£o Paulo. Os recursos federais vir√£o do Or√ßamento Geral da Uni√£o e do caixa da APS.

A transfer√™ncia do terminal de passageiros para o Valongo envolver√° recursos federais e privados da ordem de R$ 1,4 bilh√£o. O ministro afirma que a ideia √© criar um Hub de turismo em Santos e interligar o terminal de passageiros ao Parque Valongo (em constru√ß√£o) que tamb√©m receber√°, ao final, um total de R$ 100 milh√Ķes.

A Ferrovia Interna do Porto de Santos (fips) ser√° o terceiro maior projeto a receber recursos, da ordem de R$ 1 bilh√£o. Em andamento pela Associa√ß√£o que integra as ferrovias Centro Atl√Ęntica, MRS e Rumo, os investimentos ser√£o feitos nos 5 primeiros anos do contrato. O projeto aumentar√° a capacidade de transporte de cargas por ferrovia de 50 milh√Ķes de toneladas por ano para 115 milh√Ķes.

Outro projeto que receber√° recursos √© o aprofundamento para 16 metros do canal de navega√ß√£o do porto. Ser√£o investidos R$ 324,1 milh√Ķes na dragagem, em 5 anos. O ministro explica que, a princ√≠pio, o canal de navega√ß√£o ser√° aprofundado para 16 metros, enquanto isso, o Governo Federal prepara uma PPP para 20 anos, estimada em R$ 6,5 bilh√Ķes, para ampliar a profundidade para 17 metros.

Outros R$ 544 milh√Ķes ser√£o destinados, via Novo PAC, √† constru√ß√£o da segunda etapa da avenida perimetral do porto em Guaruj√° (margem esquerda). Os projetos contemplam ainda a repotencializa√ß√£o da Usina Hidrel√©trica de Itatinga, incluindo a produ√ß√£o de hidrog√™nio verde; a cria√ß√£o de um p√°tio de estacionamento em √°rea de 100 mil m2; implanta√ß√£o do sistema de monitoramento de tr√°fego de navios e melhorias na Margem Direita (Alemoa).

J√° os investimentos a serem feitos por 21 terminais privados, em cinco anos, somam R$ 8,68 bilh√Ķes.